O que é um produto Vegano, Cruelty-free, Orgânico, Biológico ou Natura – Serradas Sabão Original
Utilize o código promocional OMEUPREFERIDO para receber 10% desconto nos sabonetes individuais de 110g e nos kits de sabonetes de 110g! Válido em compras com 3 produtos ou mais dos sabonetes e kits de 110g até 15 de dezembro 2022!
Utilize o código promocional OMEUPREFERIDO para receber 10% desconto nos sabonetes individuais de 110g e nos kits de sabonetes de 110g! Válido em compras com 3 produtos ou mais dos sabonetes e kits de 110g até 15 de dezembro 2022!
Carrinho 0

O que é um produto Vegano, Cruelty-free, Orgânico, Biológico ou Natural?

Aos poucos a população tem vindo a mostrar alguma preocupação com o ambiente e está mais aberta a fazer escolhas mais conscientes. No entanto, são tantas as coisas que se têm criado para rumar a um mundo melhor que por vezes achamos que é tudo igual e não pesamos certos aspetos nas nossas decisões.

Com estas pequenas mudanças de mentalidades começa a ser comum falar-se em termos como vegano, cruelty-free, orgânico e biológico (Bio). Mas será que sabes as pequenas grandes diferenças que fazem estes termos serem distintos?

Devemos fazer escolhas com base em factos que façam sentido para as nossas ideologias e que defendam os nossos valores como pessoa, e claro, adaptar a nossa mentalidade à realidade que vivemos. Contudo, não devemos fazer determinadas escolhas apenas porque temos amigos ou conhecidos que as fazem.

Vamos então ajudar-te a perceber as diferenças entre produtos Veganos, Cruelty-free, Orgânicos ou Biológicos. Vais entender que nem todos os produtos cruelty-free são veganos ou orgânicos, por exemplo. Mas lê o resto e descobre as diferenças.


Produtos Veganos
Começando pelo princípio, e para contextualizar melhor, deves ter em conta que o veganismo é um estilo de vida que se opõe à exploração animal. Não basta dizer que és vegan@ se apenas deixaste de consumir alimentos de origem animal. Segue a linha de raciocínio... No caso de optares por um estilo de vida vegano, certamente, as tuas ideologias baseiam-se na defesa dos animais, da crueldade que estes possam sofrer para nos alimentarmos ou criar-se peças de roupa em pele, lã ou couro, por exemplo. Contudo, também existe uma preocupação com o ambiente e como tal optar por não consumir nada de origem animal, não é só pelo sofrimento que estes passam, mas também pelo enorme gasto de recursos naturais que são necessário, pela poluição que é causada para obteres alimentos ou produtos de origem animal e toda a exploração que está em causa aos animais em produtos não veganos.
Então... podemos dizer-te que um produto vegano é também cruelty-free, mas o contrário não é assim tão certo. É que em certos casos, os produtos veganos acabam escondendo certas composições que não são naturais e por isso não pode ser considerado um produto natural. Vamos explicar-te em seguida o que é um produto cruelty-free.

Produtos Cruelty-Free
Um produto Cruelty-Free significa que, além de não ser testado em animais também é livre de crueldade animal. Desta forma, protege os animais de serem explorados para a criação, desenvolvimento e testagem dos produtos que têm este selo. Até pode ser extraído o ingrediente necessário para o produto, mas é feito sem meter em causa o sofrimento do animal.
Com isto, podemos dizer-te que nem todos os produtos Cruelty-Free são veganos, uma vez que podem ser utilizadas matérias-primas ou ingredientes de origem animal, coisa que num produto vegano não acontece e, nesses casos, são produtos, também, cruelty-free.

Desde 2004, na União Europeia, existe uma lei que não permite testar cosméticos em animais. A partir de 2009, também os ingredientes deixam de poder ser testados nos animais.

Produtos Biológicos
Os produtos biológicos são cultivados de forma tradicional não existindo uso de pesticidas, fertilizantes sintéticos ou transgênicos. Estes produtos são produzidos respeitando os tempos necessários à sua produção de acordo com os ciclos da natureza. No caso dos produtos biológicos, são certificados e para isso precisam de cumprir com a regulamentação em conjunto com determinadas especificações. Então, uma certa percentagem das matérias-primas utilizadas precisa de ser produzida de forma natural e, como foi dito antes, não utilizar pesticidas químicos, fertilizantes sintéticos nem óleos minerais que derivem da indústria petrolífera, ou silicones e perfumes sintéticos. Podes afirmar que um produto biológico é natural, mas o contrário já não é bem assim. Uma vez que, um produto natural nem sempre é produzido cumprindo com os requisitos da agricultura biológica. Os selos dos produtos biológicos que podes encontrar podem certificados pela Ecocert, BDIH, USDA Organic, entre outras organizações.

Produtos Orgânicos
A diferença de um produto orgânico para um biológico é como são obtidos. Aplica-se aos produtos cultivados na agricultura e à alimentação dos animais que vão produzir produtos como leite, queijo. Enquanto um produto biológico é criado e extraído de forma natural e sem pesticidas sintéticas, o orgânico é extraído de forma sustentável para o solo e ambiente.

De resto, os produtos orgânicos e biológicos são sinónimos e regem-se pela base da mesma ideologia: utilizar ingredientes naturais e sustentáveis.

Os produtos cosméticos orgânicos são produzidos com ingredientes naturais e utilizam apenas ingredientes que não sejam considerados nocivos para a saúde (como parabenos, silicones, phthalates, produtos derivados de petróleo). 

Um produto cosmético pode obter certificação COSMOS ORGANIC se:

  • 95% minimo das plantas são orgânicas 

  • Pelo menso 20% dos ingredientes na fórmula são ingredientes orgâncios (10% nos produtos de enxaguar)

Nota: Água ou minerias (como argilas) não são vistos como orgânicos porque não são provenientes da agricultura. A água é um dos principais ingredientes em muitas fórmulas cosméticas, o que implica a diluição da proporção dos ingredientes orgânicos no total do produto. Um óleo de massagens não contém água e é feito com 100% óleos pode ter uma composição com 100% ingredientes orgânicos.

Existe certificações como Ecocert e Cosmos que garantem ao consumidor que os produtos são orgânicos e que têm produções de confiança e sustentáveis.

Estas certificações não são obrigatórias mas faciliatm o cliente a identificar produtos que cumprem estes requisitos.

As certificações são dispendiosas e por vezes só as grandes marcas é que têm meios para avançar com estas certificações.

Uma dica: Ao lerem os ingredientes INCI num produto conseguem perceber se os ingredientes são orgâncios ou não.

 Produto Natural

É interessante saber que para um produto aplicar o termo "natural" basta ter 1 elemento a partir da natureza na sua composição. Segundo o Planeta Huerto o termo "natural" não está regulado por lei pelo que podem usar este termo de uma forma muito ampla. Se queres certificar-te dos ingredientes num produto, deves ler os ingredientes INCI de um produto. Os diferentes ingredientes estão listados de acordo com a quantidade de cada ingrediente, em ordem decrescente. Desta forma já consegues perceber realmente os ingredientes em cada produto.

 Agora que já sabes as diferenças entre estes tipos de produtos, podes começar a fazer as tuas escolhas de forma mais informada e de acordo com os teus valores ideológicos.


É agora que vais embarcar numa experiência cosmética mais saudável e sustentável para o nosso planeta?

 

Texto elaborado por Beatriz Parada

 


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente


Deixe um comentário

português